O Ministério Público do Distrito Federal (MPDFT) informou, nesta segunda-feira (21), que pediu à Polícia Federal a inclusão do nome do ex-subsecretário de Administração Geral da Secretaria de Saúde do DF, Iohan Andrade Struck, na lista de difusão vermelha da Interpol. A relação inclui os criminosos mais procurados do mundo.

saude df2 - Na lista da Interpol

De acordo com o órgão, o intenção é evitar que Iohan fuja e se esconda em outro país. Ele é um dos sete alvos da que investiga supostas fraudes na compra de testes rápidos de Covid-19, e provocou a prisão do ex-secretário de Saúde, Francisco Araújo, e da cúpula da pasta.

Leia Também:  Grass sobe o tom

Há quase um mês, foi expedido um mandado de prisão contra Iohan, mas ele não foi encontrado. O nome dele já foi incluído na lista de foragidos da Polícia Civil do DF.

No início da operação , os advogados informaram que Iohan estava em isolamento, com sintomas da Covid-19. Mas no dia 2 de setembro, o resultado do exame deu negativo. No entanto, o ex-gestor não se entregou à Justiça. De acordo com a defesa, ele estava doente e tinha recomendações médicas para continuar em isolamento até se recuperar completamente.

vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Simone Leite

Simone Leite atuou como repórter, produtora de TV, assessora de imprensa e editora de notícias. Há dez anos, atua diretamente na política, área que se diz apaixonada!