Antes do presidente Jair Bolsonaro barrar a taxação da energia solar, um deputado federal do Distrito Federal já articulava no Congresso Nacional para impedir a medida da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

Luis Miranda, do DEM, andou pelos corredores da Câmara Federal conversando com colegas. Seu objetivo era levantar um front contra essa medida da Aneel.

Além dessa questão, o parlamentar protocolou na Comissão Especial que trata da energia solar no Brasil e na de Combate ao Crime Organizado, alguns requerimentos. Um deles cobra explicações da ANEEL sobre irregularidades no órgão em decisões que acarretaram algumas mudanças no setor elétrico.

Leia Também:  TSE julga, nesta quinta-feira, cassação do mandato de José Gomes

Outro requerimento é justamente sobre as mudanças regulatórias na produção de energia solar e eólica.

Miranda, inclusive, comemorou a decisão de Bolsonaro de impedir a taxação. Segundo ele, o chefe do Planalto Central mostrou sensibilidade e ouviu o clamor dele e da sociedade.

vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Wellington campos Avelino
Wellington campos Avelino
10 meses atrás

Concordo não tem que cobrar nada daquilo que deus deixou pra nós

Simone Leite

Simone Leite atuou como repórter, produtora de TV, assessora de imprensa e editora de notícias. Há dez anos, atua diretamente na política, área que se diz apaixonada!