Ontem eu estava lendo uma matéria no site Radar DF e um direito de resposta dessa matéria no site do deputado distrital Jorge Vianna (Podemos).

Primeiro: não crítico e nem desminto matéria alheia. Segundo: achei a matéria perfeita por mexer na ferida e, inclusive, ser pauta para essa postagem.

Então vamos lá. Dizem que a contratação da “enfermeira” Ruby foi apadrinhada por ele. E se foi? E daí? Eu vi várias vezes a própria Ruby no meio LGBT. Não havia qualquer notícia de que ela vendia cirurgias no HRAN.

De qualquer forma, Jorge Vianna não foi o padrinho da contratação segundo consta no site dele

Eu via a Ruby direto e nem suspeitava da prática, que ainda será apurada pela Polícia Civil e justiça. Não sou juiz e nem Deus para julgamentos alheios.  Ponto.

Que culpa Jorge Vianna tem? Se foi ele quem fez a nomeação foi com a melhores das intenções. Ele, por acaso, iria saber que ia dar esse rolo todo? Qualquer um iria querer ajudar a Ruby, uma travesti. Quem poderia imaginar que ela iria ter um desvio de conduta?

Leia Também:  Rápidas

Minha postagem não é em direção ao parlamentar e nem ao veículo de comunicação que publicou a matéria. Meu questionamento é com oportunistas que não ganharam as eleições em 2018 e estavam fazendo disparos via Whatsapp.

Esses sujeitos até parecem santinhos e todos sabem que os mesmos queriam uma lapela de parlamentar para fazer sabe lá o que?

Em tempo, não sou próximo do Vianna e nunca fui. Ao contrário. Tenho uma birra com 90% de sua assessoria e grupo político, tenho meus motivos para isso. Mas ninguém tem bola de cristal para saber a atitude do alheio.

A política e as suas hipocrisias.

Ainda bem que no meu mundo essas coisas não acontecem.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of

Odir Ribeiro

Odir Ribeiro é jornalista, blogueiro e multimídia que desde 2011 cobre os bastidores da política do DF.
Fechar Menu