Mais cedo, a assessoria do distrital Eduardo Pedrosa (PTC) nos enviou uma nota de esclarecimento sobre a votação do projeto que incluiu ex-deputados de forma vitalícia no plano de saúde da Câmara Legislativa.

Pedrosa e o seu Bloco (Brasília em Evolução) vão pedir a anulação da votação.

 

Nota de esclarecimento

Com base na possibilidade de vícios no processo legislativo, o Bloco Brasília em Evolução solicitou, há pouco, à Presidência e à Mesa Diretora da Câmara Legislativa do DF, que torne nula a votação do Projeto de Resolução 40/2020, que trata da regulamentação do Fascal, em nome da moralidade e da transparência no trato com dinheiro público.

O Bloco também apresentou um Projeto de Resolução que proíbe ex-deputados distritais de usarem o plano de saúde. Entendemos que o momento é de crise e a população espera compromisso e responsabilidade dos deputados e demais agentes públicos.

Durante o processo de votação, alguns deputados solicitaram a retomada da discussão das emendas apresentadas ao Projeto e foram informados que elas estariam disponíveis no Sistema da Casa, o que não se confirmou. Constatamos que uma das emendas não foi anexada eletronicamente. O projeto original, que tivemos acesso antes da sessão, visava apenas trazer equilíbrio financeiro para o Plano. Diante disso, solicitamos também medidas para impedir que isso torne a acontecer.

Deputado Distrital Eduardo Pedrosa (PTC)
Líder do Bloco Brasília em Evolução

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of

Simone Leite

Simone Leite atuou como repórter, produtora de TV, assessora de imprensa e editora de notícias. Há 8 anos, atua diretamente na política, área que se diz apaixonada!