O PSol apresentou, ontem (29), uma representação ao Supremo Tribunal Federal com a finalidade de suspender a portaria federal que obriga o os estados, municípios e o Distrito Federal a acatarem as regras aprovadas na Reforma da Previdência.

A representação, no entanto, foi a pedido do deputado distrital Fábio Felix.

A portaria é uma das bases para projeto do Executivo local que faz alterações na previdência dos servidores do DF e muda de 11% para 14% a contribuição.

A proposta, que está na pauta da sessão da Câmara Legislativa de hoje, entretanto, enfrenta muita resistência de sindicatos.

Leia Também:  Geraldo Magela sobre o PT/DF: "cometemos erros"

A ação do partido pede suspensão liminar e declaração de inconstitucionalidade da portaria.

O presidente do PSOL-DF, deputado Fábio Felix, condena o aumento de alíquota nesse momento.

“É um contrassenso: enquanto os governos federal e distrital criam auxílios emergenciais para garantir a sobrevivência de quem precisa e movimentar o consumo, o GDF pretende cortar o salário do servidor, tirando dinheiro da economia.”

psol-stf-adpf-portaria-EC-103.vf
vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Simone Leite

Simone Leite atuou como repórter, produtora de TV, assessora de imprensa e editora de notícias. Há dez anos, atua diretamente na política, área que se diz apaixonada!