Sem corte de energia

 

Como já dissemos ontem (16), as empresas de energia elétrica, telefonia e água e esgoto estão proibidas de interromper a prestação de seus serviços aos consumidores do Distrito Federal em decorrência de atraso no pagamento das faturas desses serviços, enquanto estiver em vigor o estado de calamidade pública decretado pelo Congresso Nacional pela pandemia do novo coronavírus.

A proposta é autoria do deputado distrital Chico Vigilante (PT);