Um chega pra lá no ministro

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Anderson Torres, esteve na Comissão de Segurança Pública da Câmara dos Deputados no início da semana. O ministro respondeu a uma série de questionamentos de parlamentares.

O deputado Luis Miranda, defensor nato da pauta da Segurança Pública, foi direto ao ponto da reestruturação da Polícia Federal.

“Vai sair o aumento da Polícia do Distrito Federal? Porque o presidente prometeu aos nossos policiais federais, à PRF, o aumento, que, porventura, já deveria ter ocorrido na data que foi prometida, e recuou?”.

Segundo Torres, a questão agora cabe ao ministro da Economia, Paulo Guedes.

“O que aconteceu que a fala de um ministro e de um presidente perdeu valor para uma nação que é tão carente de compromisso público por parte de nossos políticos?”

O ministro voltou a dizer que o problema do recuo é devido a “questões econômicas” e não “estão afetas” à pasta da Justiça e Segurança Pública.

Não satisfeito com a resposta, Miranda cutucou. “Não fiquei satisfeito com a resposta do ministro, uma resposta política. Aprendeu muito bem no tempo que ficou nesta casa. O ministro acaba de transferir a responsabilidade para o Ministério da Economia”.

De acordo com o parlamentar, Guedes não pode “dar pitaco” na reestruturação, pois o orçamento já foi aprovado. Miranda entrará com um ofício para convocar o ministro da Economia para dar satisfações, baseadas no que disse o ministro Anderson Torres na Comissão.

“Se está parado lá (Ministério da Economia), eu vou brigar pelos Policiais deste país. Quero ver o ministro dizer que o orçamento aprovado nesta Casa não vale nada. Isso é uma vergonha. Nós vamos resolver isso, sim, porque estou aqui para proteger os Policiais.”

Promessa de aumento

O presidente Jair Bolsonaro prometeu um reajuste, no fim do ano passado, a agentes da Polícia Rodoviária Federal, da Polícia Federal e do Departamento Penitenciário Nacional neste ano. O governo articulou no Congresso, no fim do ano passado, R$ 1,7 bilhão no Orçamento para reajuste de servidores e prometeu conceder aumento a categorias de policiais.

E aí, o que achou da matéria "Um chega pra lá no ministro"?

Sabia que agora você pode receber nossas notícias em primeira mão, diretamente no seu whatsapp?

 Também poderá interagir com a redação da Rádio Corredor enviando opiniões e propondo pautas! Basta clicar aqui e mandar uma mensagem para nós.

Autor


Horas
Minutos
Segundos
Estamos ao vivo