O primeiro artigo sobre a Bolsa de Valores deu uma boa repercussão. As pessoas se interessaram bastante. Quem não leu o texto anterior seria bom dar uma lida (clique aqui).

Eu como investidor, tenho pouco dinheiro na Bolsa de Valores ainda. Mas isso me ajudou a entender a mecânica e como as coisas funcionam. Hoje eu tenho a Bolsa de Valores como a minha previdência privada. Cá para nós, depender de dinheiro de aposentadoria é relegar a sua velhice à miséria.

Eu aprendi a usar a metodologia “Value Investing, a mesma que o americano Warren Buffet, o maior investidor do mundo, usa. No Brasil, temos Luiz Barsi, filho de ex-engraxate, hoje bilionário da Bolsa. Posso citar também Lirio Parissoto, outro bilionário. Eu poderia ficar explicando e usando vários termos técnicos para explicar o que é “Value Investing”, mas vou direto ao assunto e irei exemplificar com uma metáfora.

Eu vejo as minhas ações como vacas. Ninguém no pasto mata as vacas porque elas podem produzir leite e procriarem para aumentar ainda mais o rebanho. Então as ações que eu tenho eu não foco na baixa para vender na alta, isso é uma grande bobagem.  Aliás, eu me casei com as minhas ações sem chance de divórcio.

Eu compro ações focado nos seus dividendos e juros sobre capital próprio que elas pagam. O preço das ações na verdade pouco me importa.

Um exemplo claro: Eu comecei a investir na crise. Uma ação do Banco do Brasil custava uns R$ 22, hoje a mesma ação custa  R$ 49. Uma valorização e tanto. Eu não fico eufórico quando ação tem essa alta e nem deprimido quando a ação cai. Por que isso? Porque compro empresas fortes. Só no primeiro semestre de 2018 o Banco do Brasil obteve um lucro de R$ 5,883 bilhões.  Parte desse lucro foram para os acionistas, por meio, de dividendos e juros sobre capital próprio.

Leia Também:  O ex-diretor e as informações falsas, segundo o TCDF

Não estou sendo muito técnico nesse texto, mas acho que vocês entenderam.  Na minha concepção  o “Value Investing” é um investimento a médio e longo prazo.

Minha meta é colher daqui uns 5 anos. “Ain Odir 5,10 anos é muito!”,. Lembre-se: dinheiro fácil não existe e o tempo passa tão rápido que você nem percebe.

Repito aqui;

1- A Bolsa de Valores é o melhor lugar para investir.

2 – Não existe dinheiro fácil ninguém ganha nada do dia para a noite.  Quem procurar isso irá quebrar a cara.

3 – Muita gente fala mal da Bolsa de Valores sem conhecer como funciona. Não vão pelo o que os outros falam.

4 –  Nunca coloque o seu dinheiro na mão de terceiros para investir, seja você mesmo o investidor e o operador.

5 – Bolsa de valores não é cassino.

6 – Escolhendo as ações certas é impossível perder dinheiro na Bolsa.

7 – A Bolsa de Valores é para os pobres, sim. Se quer ter seu patrimônio multiplicado, lá é o lugar.

Na próxima postagem eu irei explicar o que é uma ação, além do que são  dividendos e juros sobre capital próprio.

Um passo de cada vez

Até a próxima!

2
Deixe um comentário

avatar
2 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
2 Comment authors
RogérioAirton Costa Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Airton Costa
Visitante
Airton Costa

muito boa a matéria e já tenho pensado em investir mesmo sem dinheiro para tanto.

Rogério
Visitante
Rogério

Gostaria de saber como a pessoa deve fazer e onde fazer esses investimentos?

Odir Ribeiro

Odir Ribeiro é jornalista, blogueiro e multimídia que desde 2011 cobre os bastidores da política do DF.