Não haverá desafio, aquele que o deputado distrital Hermeto (MDB) fez ao colega Fábio Félix (PSol). Não lembra? Clique aqui, então.

Hermeto queria que Fábio Félix fosse à escola de Valparaíso, onde um aluno matou a sangue frio um professor com quatro tiros pelas costas. Seria para averiguar o problema ocorrido lá.

Hermeto, um policial militar, criticou Fábio por ele ter ido à escola militarizada da Ceilândia e feito alardes, depois que um aluno brigão foi imobilizado por um PM.

Ontem (1º) Rádio Corredor publicou uma nota falando do desafio. Fábio Felix respondeu. Não aceitará o desafio. E explicou o motivo.

“Eu visitei 10 escolas, minha equipe visitou mais de 15. Dessas escolas, apenas 1 – o CED 07 – é militarizada. Ou seja: estamos apurando problemas em toda a rede de ensino”, disse o deputado do PSol à reportagem.

Fábio Félix garante que vai “apurar todas as denúncias de violação de direitos: sejam elas de professores, de alunos, de policiais”.

Sobre o “desafio” de Hermeto, a questão é jurisdicional e provavelmente, o parlamentar da PM sabe disse. “A CDH não pode agir fora da sua jurisdição, caso contrário já teríamos ido. Entorno do DF não compete à CDH. Mas estou à disposição de todos de Valparaíso para ajudar”, emendou.

Mas a gente sabe o motivo do enfrentamento de Hermeto. No fundo, e compreensível, a questão é ideológica mesmo. E Fábio Félix foi instigado pela reportagem sobre isso.

“Do ponto de vista ideológico, comprovei que estou preocupado com todas as escola: falta de recursos, de livros didáticos e etc. estamos atuando nesse sentido, com a destinação de emendas e cobranças ao GDF”, conclui.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of

Elton Santos

Elton Santos é formado em jornalismo e atua na área política do Distrito Federal há oito anos, sempre buscando os bastidores do poder. Já passou por redações e assessorias na capital federal
Fechar Menu