O governador Ibaneis Rocha está sendo pressionado a rever a nomeação do futuro secretário de Educação Rafael Parente.

Ontem (28), Rádio Corredor publicou informação de que pais da ala mais conservadora no Distrito Federal se opuseram ao nome de Parente (Leia aqui).

Na noite de ontem a vez foi da deputada federal Bia Kicis (PRP) questionar o governador Ibaneis. A reportagem entrou em contato para saber o posicionamento dela, que até então não havia sido divulgada.

Algumas horas depois, em seu twitter oficial, ela disse:

Governador , creio que o Sr demonstrou não ter condições de conduzir a educação no DF. Além de apoiar ideologia de gênero nas escolas, chamou o Presidente de nazista publicamente.Isso é uma afronta à escolha do DF nas urnas.Respeito!

Assim como na matéria do Rádio Corredor, a nova parlamentar citou o presidente Jair Bolsonaro, candidato bem votado no DF. A pressão contra Ibaneis só aumenta.

vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
5 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Francisca Ambrosio Do Nascimento
Francisca Ambrosio Do Nascimento
1 ano atrás

É um tema polêmico, no meu entendimento, deixa ele, qualquer coisa, nos tiramos, o poder emana do povo!

Rogério da Costa
Rogério da Costa
1 ano atrás

Se esse Secretário da Educaçao apoia a Ideologia de Gênero nas Escolas…tem que nem assumir o cargo…Fora Rafael Parente…Apoiamos Ibaneis e Bolsonaro…Renovaçao…

trackback

[…] reportagem e criticou “os críticos” à nomeação de Parente (Para saber mais do caso). Embora não conheça pessoalmente o futuro secretário, Veras confia na […]

Josi Barbosa
Josi Barbosa
1 ano atrás

Concordo com a Bia Kicis, com essa indicação o governador eleito vai na contramão do recado das urnas no DF quando elegeu Bolsonaro com uma expressiva votação! O recado é claro, não queremos ideologia de gênero nas escolas!!!

María Lucia
María Lucia
1 ano atrás

Não sou contra quanto a escolha dele, a vida particular é dele. Sou contra querer colocar na cabecinha da criança em formação uma coisa que ela não vai entender. É confundir o psicológico da criança. Quando ela se tornar adulta, aí sim poderá fazer a sua escolha.

Odir Ribeiro

Odir Ribeiro é jornalista, blogueiro e multimídia que desde 2011 cobre os bastidores da política do DF.